Como reduzir a dor da depilação com cera?

Confira algumas dicas para facilitar a realização desse procedimento e amenizar o sofrimento

Depilação com cera
Foto: Divulgação


Quem é mulher sabe dos perrengues que temos que enfrentar para ficarmos bonitas. Um dos procedimentos mais realizados pelo público feminino é, sem dúvidas, a depilação com cera. Seja nas axilas, nas pernas ou na virilha, a remoção dos pelos pode ser bastante dolorida. 

Para evitar que este processo corriqueiro na rotina das mulheres seja um sacrifício, separamos algumas dicas elaboradas por profissionais. São detalhes pequenos que podem facilitar a depilação e não deixá-la tão dolorida, independente da parte do corpo na qual ela será aplicada. Confira: 

1) Esfoliação

Esfoliar a pele serve para prepará-la para o ato da depilação do pelo. O procedimento a deixa livre de resíduos de pele morta e deixa os poros mais abertos.

2) Banho quente

Realizar a depilação logo depois do banho quente pode ser menos doloroso. Isto porque a circulação passa a ser ativada pelo calor da água, deixando os poros mais dilatados também. 

3) Cremes anestésicos

Para as que simplesmente não suportam as dores de jeito nenhum, os cremes anestésicos são uma opção. Eles devem ser prescritos por um dermatologista. Porém, vale o alerta: por diminuírem a sensação de dor, você pode se machucar sem perceber. O importante é se depilar com um profissional experiente.

4) Temperaturas altas

A utilização de cera quente é uma das opções que mais facilitam a remoção do pelo, uma vez que a alta temperatura abre os poros e facilita sua remoção. Só tome cuidado para que a cera não esteja extremamente quente a ponto de causar queimaduras. 


Buço também é um dos locais que recebe a técnica de depilação

5) Amortecendo com gelo

Outro truque consiste em passar gelo na área a ser depilada poucos minutos antes de passar a cera e puxá-la. O local ficará amortecido, o que pode reduzir a dor de maneira considerável. 

6) Ceras calmantes

Ceras que possuam ingredientes calmantes, como algas marinhas, camomila, capim santo e mel podem amenizar a dor em peles mais sensíveis. 

7) Talco

Usar talco na pele antes de passar a cera também costuma ser eficiente. Sem falar que a atitude gera uma maior aderência da cera ao pelo para removê-lo mais facilmente, sem machucar ou puxar pele em excesso. 

8) Longe da menstruação

Fazer depilação próximo da menstruação pode ser mais dolorido. O ideal é evitar os dias que antecedem o período. A liberação de uma substância inflamatória chamada prostaglandina potencializa a dor. Além disso, a mulher costuma reter líquido nessa época e o inchaço comprime as terminações nervosas, gerando mais dor. 

9) Analgésico

Também é possível tomar um analgésico cerca de 15 a 20 minutos antes da depilação. Porém, cuidado para não se tornar dependente do medicamento e desta estratégia. Isso pode fazer com que você tome remédio de maneira desnecessária e a dose seja aumentada gradativamente.