Entenda como é o preenchimento labial e quem pode fazer

Substância ideal a ser utilizada é o ácido hialurônico, matéria-prima do colágeno

Foto: Divulgação


O preenchimento é um procedimento estético que só pode ser realizado por profissionais habilitados e com amplo conhecimento sobre o assunto. Ele é indicado para pessoas com mais de 18 anos, e que queiram melhorar o aspecto dos lábios, deixando-os mais grossos.

A substância ideal a ser utilizada é o ácido hialurônico, matéria-prima do colágeno, o que faz com que seja reconhecido e aceito pelo organismo, com um resultado bastante satisfatório. O uso de gordura autógena - ou seja, gordura do próprio corpo - também vem crescendo nos consultórios. Neste caso, a gordura, retirada de partes como culote ou parte interna do joelho, é tratada por meio da nanotecnologia e só depois é aplicada.

O volume a ser aplicado é de, em média, 1ml de ácido hialurônico, variando minimamente conforme cada caso. Desta forma, o resultado é harmônico e natural, sem os excessos que muitas vezes são vistos entre personalidades famosas. O procedimento é realizado sob anestesia local, a mesma utilizada por dentistas.

O ácido é aplicado com uma agulha, e a gordura com uma microcânula. Em ambos os casos, o lábio é moldado por alguns minutos com a ajuda de uma massagem leve, eliminando possíveis assimetrias. A preferência das pacientes é a aplicação no lábio superior, que é sempre mais fino, e a substância escolhida é inserida pela chamada linha do vermelhão ou linha do contorno, ou então pela parte interna da boca.

O ácido hialurônico dura até um ano e meio no organismo, mas seu efeito estimulante do colágeno dura até três anos. Não há risco de alergia provocada pela substância, visto que ela é produzida pelo corpo humano. Recomenda-se um prazo de aproximadamente dois anos antes de uma nova aplicação, e no mínimo um mês para uma possível correção caso o resultado esteja aquém do esperado. Sempre consulte o especialista e tire todas as dúvidas sobre preenchimento labial antes de realizar o procedimento.


LUANA RODRIGUES

luana@gaz.com.br