Três procedimentos estéticos para fazer aos 40 anos

O corpo passa por mudanças com a chegada da idade e os tratamentos estéticos por ajudar a minimizar os efeitos

Foto: Divulgação


A chegada da quarta década de vida traz mudanças significativas no organismo humano, tanto na estrutura interna, quanto na parte externa. A partir dos 40 anos, a pele começa a perder viço, além de ficar mais flácida. As marcas de expressão começam a se evidenciar, e até mesmo os cabelos e dentes sofrem o impacto do amadurecimento. Para manter a beleza por mais tempo, reunimos abaixo três dicas de procedimentos estéticos para preservar a juventude de quem pretende envelhecer bem. Confira!

Estética dental

Com o passar dos anos e o acúmulo de hábitos como a ingestão de doces, café, chá preto, refrigerantes, bebidas alcoólicas e o tabagismo, os dentes tendem a sofrer as consequências. Além disso, aos 40 anos aumentam as chances da ocorrência de doença periodontal, que pode literalmente derrubar os dentes. Como os dentes continuam se movimentando a vida inteira, pode também ser notado um certo desalinhamento, sobretudo para quem já possuía dentes encavalados. Portanto, procedimentos de estética dental como o uso de aparelhos ortodônticos, clareamento, colocação de facetas, entre outros, podem salvar a saúde bucal e ainda trazer um ar mais jovem ao sorriso. 

Preenchimento facial

O rosto vai perdendo gradativamente o volume e a firmeza a partir dos 40 anos, e esse é o momento ideal para realizar o preenchimento facial. Ele é feito por meio da aplicação do ácido hialurônico nas regiões da face que contenham sulcos, rugas, marcas de expressão e depressões. O preenchimento proporciona uma remodelação facial, levantando o rosto e devolvendo a jovialidade. As áreas do rosto beneficiadas pelo preenchimento são o bigode chinês, a testa, os “pés de galinha”, o queixo, os lábios, as sobrancelhas e até as olheiras. O resultado é imediato e tem duração de até um ano, quando é necessário repetir a aplicação. 

Peeling

O peeling é um aliado poderoso da quarta década de vida. Por meio da aplicação de ácidos ou pelo uso da dermoabrasão, a camada superficial da pele sofre um desgaste e é renovada, devolvendo o viço e a luminosidade. O peeling remove manchas e estimula a produção de colágeno, atuando na diminuição das rugas e linhas de expressão. Após o procedimento, a pele deve ser protegida da incidência solar e é necessário que o paciente siga todas as recomendações do profissional que realizou a aplicação.