Você não pode usar hidratante corporal no rosto; entenda

Cuidados com a pele exigem produtos específicos para a face

Foto: Divulgação


Não dá para negar a praticidade de usar o mesmo hidratante ou protetor solar de corpo no rosto. Entretanto, o hábito está longe de ser o ideal quando falamos em cuidados de pele. A pele do rosto não é igual à pele do corpo. As características da pele variam muito de acordo com a região do corpo e, sem dúvidas, a pele do rosto é a que requer mais atenção.

Ela tende a ser mais fina, com maior concentração de glândulas sebáceas e folículos pilosos. As áreas também são diferentes: a zona-T (testa, nariz e queixo) pode ser mais oleosa, enquanto a região dos olhos, mais seca e sensível.

Produtos faciais x corporais

Os produtos faciais são desenvolvidos especialmente para atender a tantas especificidades. Tendem a ser menos oleosos, com absorção facilitada, textura mais leve e pouca ou nenhuma fragrância para reduzir ao máximo as chances de desenvolvimento de alergias.

Muitos ainda contam com agentes anti-idade ou antiacne, por exemplo, importantes para a saúde da região - que tende a sofrer mais com influências hormonais e exposição às condições ambientais e climáticas.

Já os produtos corporais costumam ser mais hidratantes para atuar na reparação das áreas mais ressecadas, como cotovelos, calcanhares e joelhos. Geralmente, são perfumados e recebem doses extra de óleos vegetais para turbinar o tratamento. Portanto, é imprescindível ter um produto para cada área específica.

Como escolher o hidratante e o protetor solar?

No melhor cenário, um kit completo e versátil contém seis produtos. São eles:

1. Hidratante facial

O segredo para não errar no hidratante é comprar o adequado para seu tipo de pele (sensível, mista, oleosa, acneica, seca e por aí vai). As peles secas costumam se adaptar melhor com os cremes, enquanto as oleosas se dão muito bem com texturas em gel.

Foto: Divulgação

 

2. Hidratante labial, balm ou manteiga de cacau

Sim, os lábios também sofrem com o ressecamento, principalmente no inverno.

3. Protetor solar para o rosto

Aqui, vale a mesma indicação do hidratante: encontrar um produto adequado para seu tipo de pele. Também é possível encontrar versões com cor, que são um verdadeiro coringa e cumprem a função da base na maquiagem. Vale lembrar que quanto maior o fator de proteção, melhor, e que o FPS 30 é o mínimo indicado pelos dermatologistas.

Foto: Divulgação

 

4. Hidratante corporal

Eles oferecem diversas funções de acordo com a necessidade da sua pele, de nutrição intensa para as extrassecas até produtos com minerais refletores de luz para deixar a pele iluminada.

Foto: Divulgação

 

5. Protetor solar corporal

Encontre a sua textura preferida e o FPS adequado para seu tipo de pele. Quanto mais clara e sensível, maior deve ser a proteção.

Foto: Divulgação


PAOLA SEVERO

paola.severo@gaz.com.br