Novos jeitos de usar as tranças

Ela tanto pode ser sinônimo de look despojado e descontraído como pode ser utilizada naqueles momentos em que o visual pede mais sofisticação

Foto: Divulgação


As tranças estão de volta e podem ser feitas do próprio cabelo ou usadas a partir de um aplique. Tanto faz. Estão em alta. Hoje há quem diga que elas são “coisas do tempo da avó”, acessórios de fantasia de festa junina ou de trajes folclóricos de algumas culturas, como a germânica, por exemplo.

A trança também faz parte do imaginário infantil. Qual teria sido o destino de Rapunzel se a heroína não tivesse as enormes tranças que lhe trouxeram o Príncipe Encantado? E o que dizer das tranças de Elsa, no filme Frozen! E também é preciso reconhecer que a novela Deus Salve o Rei, exibida no ano passado, reforçou a tendência.  No entanto, quem é antenado na moda sabe que as tranças sempre foram atuais. Talvez o que tenha mudado (um pouco) seja o modo de usá-las no penteado.

A trança é muito versátil. Ela tanto pode ser sinônimo de look despojado e descontraído como pode ser utilizada naqueles momentos em que o visual pede mais sofisticação. É interessante relembrar: na década de 1980 as tranças entraram no mundo fashion, tornaram-se uma verdadeira febre. Lembram-se do sucesso das tranças embutidas? Em algumas versões desse estilo de penteado, os fios eram entrelaçados com fitas em cores combinando com a roupa, lembrando que na época os vestidos, bolsas e sapatos eram usados em cores iguais. Quem desejava colocar a fita na trança seguia a tendência. As flores miúdas também apareceram na cabeça de algumas mulheres.

Passado todo aquele frisson, as tranças foram relativamente esquecidas, mas a tendência nunca saiu da moda, de uma maneira ou de outra. Os fios trançados acabaram entrando no penteado e são considerados clássicos. Alguns cabeleireiros fazem deles seus coringas quando o assunto é dar volume ao penteado ou camuflar fios desobedientes.

O costume é manter as tranças soltas. As laterais também continuam na moda.Uma dica muito funcional é elaborar penteados a partir das tranças, como um coque, por exemplo. Isso é mais simples do que se pode imaginar. Quer aprender? Você vai precisar de mousse modeladora, spray finalizador, elástico de silicone, grampos e presilhas a seu gosto.

COMO FAZER

O primeiro passo é escovar bem os cabelos, espalhar de modo uniforme mousse modeladora para incorporar os fios. Faça uma meia lua de orelha a orelha na parte de trás da cabeça, na altura das orelhas.

O segundo passo é desfiar os fios da parte posterior e frontal do cabelo, assim eles ficarão mais soltos. Depois pegue duas mechas e amarre-as como se fosse um laço.

Prenda cada ponta do “laço” com grampos.

Quarto passo: faça uma trança solta em cada lado do cabelo e amarre as pontas com um elástico de silicone.

Quinto passo: com os dedos, solte um pouco o trançado. Isso dará um aspecto mais arrojado e casual ao penteado.

Depois, pegue a ponta da esquerda e prenda com um grampo no lado direito. Pegue a ponta da direita e prenda com um grampo do lado esquerdo. Esconda as pontas.

Agora modele o penteado, esconda as pontinhas indesejáveis da forma que achar melhor. Finalize com o spray modelador. Vaporize em abundância. Esse é um penteado ideal para circunstâncias menos formais, bom porque o dia todo o cabelo estará bem arrumado. No entanto, para ocasiões mais festivas, o cabelo pode ganhar mais brilho com sprays finalizadores especiais e ainda com presilhas de strass ou flores.