A versatilidade do mobiliário solto

As peças podem ser trabalhadas de diversas maneiras no momento de compor ou redecorar ambientes

A versatilidade do mobiliário solto
Foto: Divulgação


Possibilidade é a palavra chave quando se pensa em mobiliário solto na decoração. As peças permitem realocação e reinvenção de um ambiente, proporcionando maior liberdade às composições. Para a empresária Lilian Flores Lima, da M. Decor, o dinamismo de tais móveis atrai arquitetos, designers de interiores e clientes finais no momento de escolher os itens para o projeto. “Móveis soltos são peças decorativas e funcionais, seus acabamentos possibilitam fácil movimentação na hora de compor ou reorganizar ambientes e trazem em seus detalhes toques de personalidade”, detalha.

A arquiteta Caroline Andrusko explica que mobiliário solto garante flexibilidade para os ambientes. “Apesar de um projeto ser composto por inúmeros detalhes de marcenaria, revestimentos e iluminação, por exemplo, um mobiliário solto bem adotado, sempre traz identidade à composição - as possibilidades são infinitas e a criação não precisa ser limitada. Além disso, é possível ornar móveis de diferentes estilos nas ambientações: a identidade de cada móvel, em contraste com os demais, traz ainda mais riqueza de detalhes e particularidades para cada projeto”, revela Caroline.

Tendências

Lilian conta que a brasilidade está em alta nos móveis soltos. “Há algum tempo tínhamos uma influência muito grande dos designers de produtos de outros países, mas hoje o Brasil está em destaque e sendo muito bem representados nas maiores feiras de design mundo a fora, com nomes como Bruno Faucz e Ronald Sasson que levam em seus móveis nossas raízes e características em que a maior matéria-prima é a madeira”.

Além disto, a arquiteta Caroline conta que os sofás arredondados fazem parte da lista de tendências de mobiliário solto em 2017.

Dicas de composição

• “O tecido de uma poltrona com medalhões, por exemplo, pode trazer um toque clássico de acordo com o projeto ou então os revestimentos em mesas (laterais e centro) espelhados ou em inox que podem garantir um estilo moderno”, informa a empresária Lilian;

• “O mobiliário solto, além de ser tão importante quanto o mobiliário planejado, se destaca pela sua particularidade. E a composição entre os dois é imprescindível para a resolução de um excelente projeto, onde o que foi planejado e o que foi adquirido se correlacionam e fazem parte de uma só composição”, pontua Caroline Andrusko.

Projetos com mobiliário solto em destaque

Os móveis abaixo foram usados com maestria em cada um dos espaços, seguindo o conceito do projeto. Porém, é notável que as peças podem ser facilmente realocadas para dar um novo ar aos ambientes e é possível também utilizá-las como parte da composição de outros cômodos.