Conheça cinco projetos urbanos em contêineres

Método versátil, de rápida e limpa execução é sustentável pois reaproveita contêineres marítimos

Cinco projetos em contêineres totalmente personalizados
Foto: Divulgação


O universo da arquitetura e decoração está sempre em movimento, com inovações que levam personalidade para os projetos. Entre as principais novidades está a tendência de construção em contêiner, um método versátil, de rápida e limpa execução e sustentável pois reaproveita contêineres marítimos.

As arquitetas Denise Leal Ribas e Carolina Leal Ribas, da Leal Ribas Engenharia e Arquitetura, realizam projetos com uso de contêineres e explicam que a obra é montada com baixo nível de poluição e impacto ambiental. “O contêiner tem uma vida útil de aproximadamente quinze anos como carregador marítimo e depois disso seria descartado na natureza. O projeto dá uma nova ‘vida’ a um material que já foi utilizado, com uma função diferente da original”. Denise e Carolina detalham também que este tipo de projeto encaixa-se perfeitamente em qualquer contexto, terreno e condições climáticas desde que tenha um projeto bem resolvido e respaldo de profissionais da área tanto no planejamento quanto na execução da obra.

Confira cinco projetos em contêineres totalmente personalizados:

Projeto: arquitetas Denise Leal Ribas e Carolina Leal Ribas

Fotos: Marcelo Stammer.

Um terreno de 4.200 m² recebeu essa casa contêiner de 308,83 m². Externamente a aplicação dos volumes em madeira quebra a rigidez do metal e o uso da madeira ajuda a proteger certos ambientes da exposição solar em seu interior.

A questão de conforto térmico e acústico no interior de uma casa metálica foi resolvida com uso de isopor de alta densidade e drywall como revestimento interno das paredes, o que já garante a questão acústica e térmica. Para unir esta solução a um sistema ainda mais eficaz, foram utilizados aparelhos de ar condicionado nos modelos Split para os quartos e churrasqueira e Cassete para a sala. No teto também há o isopor de alta densidade e forro de gesso. O telhado da casa é composto por telhas termo acústicas (telhas sanduíche) - a cobertura foi escolhida porque reúne em sua composição propriedades que isolam temperatura e som. As telhas termo acústicas são compostas de duas chapas metálicas (aço galvanizado ou galvalume), com um isolante em seu interior, geralmente feito de EPS ou PUR, no esquema telha metálica + isolante + telha metálica. Os contêineres são da Total Storage Brasil. 

Projeto: arquitetas Denise Leal Ribas e Carolina Leal Ribas.

Fotos: Marcelo Stammer.

O projeto foi criado a partir de três contêineres da Total Storage Brasil que foram recortados, acoplados e receberam estrutura metálica para sustentar os vãos livres, revestimento termoacústico, fechamento interno das paredes e forro em drywall. O ambiente conta com 125m² multifuncionais pensados para atender a dinâmica familiar com integração, convivência, socialização e no bem receber em locais amplos. O espaço traz todos os ambientes sociais de uma residência e foi planejado para valorizar a convivência familiar, acomodar amigos, realizar eventos, preparar refeições e assistir filmes desfrutando dos recursos tecnológicos disponíveis, como automação e tela de projeção. A proposta de decoração é atemporal e busca o minimalismo nos vazios, no layout descomplicado e linear que traz um respiro aos ambientes. 

O projeto explora a espacialidade através dos traços simples e linhas retas, quebradas pela forma orgânica dos pendentes e luminárias. A paleta de cores conta com branco, tons de cinza, preto e tem toques de azul e madeira no mobiliário e no décor, além de móveis de fibra sintética na área externa que acompanham a linguagem do ambiente interno. Esta base de cores neutras contribui para o destaque das obras de arte e das texturas e tonalidades usadas nos demais elementos.

Ca’dore Comida Descomplicada – Projeto: arquiteto Bruno Colle.

Foto: Joel Rocha.

O espaço gastronômico de Curitiba foi planejado levando em consideração boas práticas sociais e ambientais do mercado. O projeto tem como um dos principais diferenciais a estrutura dos módulos gastronômicos montada em contêineres da Total Storage Brasil, dispostos ao redor do espaço, deixando o centro livre para o encontro dos amigos e familiares. A sustentabilidade também marca presença no empreendimento.

Madero Container Itapema – Projeto: arquiteta Kethlen Ribas Durski.

Foto: Gerson Lima.

O projeto teve como premissa tirar o máximo partido da forma e do conceito industrial do contêiner, agregando a ele características importantes que já fazem parte dos projetos dos restaurantes Madero.  A cor conceito do restaurante foi utilizada nas paredes, agregada de eletrocalhas, dutos e luminárias aparentes, além é claro, de bastante madeira, que destacam a identidade da marca. O ambiente sustentável também é outro destaque neste projeto, já que o próprio contêiner tem esta característica. O contêiner é da Total Storage Brasil.

Pet In Container – Projeto: Maurete Schumacher e Joselia Pereira.

Fotos: Fernando Zequinão.

O projeto, estruturado com cinco contêineres da Total Storage Brasil, formou um espaço de 150m². O Pet In Container foi dividido em três espaços distintos, sendo a loja, consultório veterinário e banho/tosa, individualizado para cães e gatos no piso inferior. Com uma nova proposta, trouxe também o espaço “Do It Youself”, onde a família pode dar banho no seu pet com o conforto e higiene, acompanhados ou não dos profissionais da loja.  Na parte superior há o bistrô, uma loja conceito e a galeria.