Dicas para escolher o melhor revestimento para cada ambiente

Tenha em mente que locais mais úmidos precisam de pisos antiderrapantes

Foto: Divulgação


Vai reformar a casa ou investir em uma nova decoração e ainda não sabe o que fazer em relação ao piso? Veja algumas dicas de como escolher o melhor revestimento para cada ambiente.

Tenha em mente que locais mais úmidos precisam de pisos antiderrapantes. Banheiro, cozinha, copa e área de serviço, por exemplo, podem receber o porcelanato não polido, que é fácil de limpar, resistente à água e evita quedas e escorregões. 

Foto: Divulgação

Há um consenso geral sobre o piso branco no banheiro, mas saiba que isso não é uma regra e que é possível soltar a criatividade. Tudo depende do resultado que se quer. Se a busca é por um ambiente mais amplo visualmente, a dica é optar pelas cores mais claras, incluindo o clássico branco. Se o foco é buscar aconchego ou imprimir mais personalidade, é possível inserir o preto e cores mais escuras. Tons vibrantes ajudam a tornar o espaço mais alegre e diferenciado. 

Foto: Divulgação

E o piso da sala? Tudo vai depender do que se quer neste ambiente, pois ele pode receber praticamente todos os tipos de revestimento, do carpete ao porcelanato. Pisos como o laminado ou vinílico são ótimas e modernas opções, pois trazem a beleza da madeira reflorestada aliada à fácil manutenção e alta durabilidade. Para quem precisa de uma manutenção muito fácil e um piso extremamente resistente, porcelanato sem polimento podem fazer bonito na sala. 

Foto: Divulgação

Conforto térmico e aconchego são essenciais no quarto. Por isso, o revestimento deste cômodo deve proporcionar um toque agradável ao toque dos pés. Pisos vinílicos ou laminados são as escolhas mais certeiras. 

Foto: Divulgação

Na cozinha, é importante lembrar que resíduos de alimentos podem cair o tempo todo no chão durante o preparo de receitas. Sendo assim, o piso não pode ser liso demais, oferecendo risco de escorregões, nem áspero ou rugoso demais, o que dificultaria a remoção da gordura e dos resquícios de comida. Cozinhas abertas podem receber pisos coloridos e até escuros, como o ladrilho hidráulico ou o cimento queimado, enquanto as mais fechadas e de área menor ficam bem com cores claras. 

Foto: Divulgação

Áreas externas, como varandas, corredores, garagens e quintais, podem receber pisos distintos conforme seu posicionamento na residência. Se alguma destas áreas forem totalmente cobertas, os pisos mais lisos (mas não totalmente lisos) facilitam a limpeza. Se a área for descoberta, o piso precisa ser antiderrapante. 

Se a dúvida permanecer, a dica é buscar as orientações de um profissional de decoração, que poderá orientar as melhores escolhas para a sua reforma!