Como deixar o jardim com a leveza da primavera?

A iluminação correta pode deixar qualquer ambiente com cara de produção cinematográfica

Foto: Divulgação


Com a chegada da primavera, por que não investir no jardim? As flores e plantas que rodeiam a casa fazem com o que ambiente se torne mais bonito, agradando visualmente as sensações humanas de leveza, ar puro e bem-estar. Para que essa sensação se prolongue para além da luz do dia, a iluminação deve ser bem pensada para criar o local perfeito também à noite. Afinal, ela traduz particularidades do jardim que só são mostradas ou exaltadas neste período do dia.

A iluminação pode fazer uma "brincadeira" no ambiente, sendo mais dinâmica e destacando cores ou também com uma luz mais tênue e sóbria, mas é a combinação das luminárias e lâmpadas que farão a grande diferença! Um jardim bem iluminado permite que você aproveite o espaço com amigos e familiares em qualquer tipo de comemoração e, claro, traz também um pouco de segurança. Um passeio pelo seu jardim ao ar livre, rodeado de plantas naturais, com a beleza do luar e das estrelas alivia o estresse do dia a dia e é a iluminação a responsável por garantir esses momentos.

Segundo o designer Maurício D'Ávila, da Geo Luz&Cerâmica, o segredo para a iluminação do jardim ou da área verde é que não há luz sem sombra. "Por isso, devemos dosar o que será iluminado, não iluminando todas as árvores ou arbustos, por exemplo. É muito importante levar em conta a influência que a luz tem sobre o nosso organismo. A luz cumpre um papel fundamental na fisiologia circadiana, e devemos estar atentos ao fato de que a iluminação do ambiente não pode ser nem exagerada e nem utilizar uma luz muito clara, que remeta ao dia. É preciso respeitar que a noite é noite e, por isso, deve trazer uma sensação de relaxamento e conforto", detalha.

D'Ávila alerta que para os ambientes externos noturnos é preciso ver a temperatura da cor — que expressa a aparência da cor da luz emitida pela fonte — a ser utilizada. O ideal é utilizar lâmpadas com 2,7 mil kelvins ou menos, que é aquela luz amarelada.

Outra dica interessante é a demarcação de caminhos com a iluminação. Além de ser fundamental pela estética e, principalmente, importante para a segurança, para que as pessoas possam ver onde estão pisando e evite acidentes, deve-se utilizar balizadores como o Lotus e o Maine, ambos da Geo Luz&Cerâmica e com o design de D'Ávila.

No entanto, não esqueça de levar em conta sobre o quanto as plantas crescem, pois não adianta colocar uma luminária que, com o tempo, ficará escondida entre as folhagens. Há luminárias como o Poste Setta, também da Geo Luz&Cerâmica, que funciona exatamente neste tipo de situação, onde as plantas crescerão. Lembrando que, pela estética, sempre é importante escolher luminárias que ficarão lindas de dia — e que à noite trarão um efeito incrível. Em meio à natureza, num belo jardim ou área externa verde, as pessoas se sentem mais livres, com mais disposição criativa, relacionam-se mais, apreciam a vida e a beleza natural das coisas. Com certeza, uma ótima maneira de se desligar do estresse e das preocupações do dia a dia.