Cuidados com o uso do vinagre na limpeza

Por estar presente na maior parte das cozinhas o seu uso é bastante difundido, mas pode ser prejudicial

Foto: Reprodução


Atualmente há inúmeros sites e vídeos que ensinam fórmulas caseiras para limpar sujeiras difíceis e que trazem o vinagre na composição. Trata-se do ingrediente mais popular dessa modalidade. No entanto, André Karadi, consultor técnico do negócio de Home Care da BASF, alerta sobre os riscos das misturas, do uso incorreto e explica a ação do produto.

O vinagre é uma solução de ácido acético em água com uma concentração de aproximadamente 7%. Por estar presente na maior parte das cozinhas o seu uso é bastante difundido, mas pode ser prejudicial. “Mesmo sendo um ácido fraco e em solução diluída, a substância apresenta grande potencial de corrosão e pode causar irritação. Além disso, quando misturado a outros produtos, como água sanitária, por exemplo, leva à formação de gases tóxicos”, explica o especialista.

A lista abaixo descreve alguns dos efeitos danosos que o uso vinagre como produto de limpeza pode acarretar:

Móveis encerados - o vinagre pode comprometer a camada de cera, removendo a proteção e deixando a superfície mais suscetível a danos. O uso de lustra-móveis projetados para essa finalidade é a escolha mais segura, já que preserva a camada protetora.

Bancadas e pisos de pedra - A ação do ácido pode desgastar a superfície de granitos e mármores ao longo do tempo. Usar produtos apropriados para superfícies de pedra e detergentes neutros permite uma limpeza segura.

Eletrodomésticos -  o uso do vinagre em eletrodomésticos, como no compartimento do ferro de passar que é destinado à água é prejudicial ao aparelho. As instruções do fabricante devem ser seguidas para garantir segurança e efetividade no uso do equipamento.

Pisos e móveis de madeira - o vinagre pode degradar a camada protetora da superfície, deixando-a mais vulnerável a danos e manchas. Limpe apenas com produtos próprios para madeira ou com sabão neutro.

Louças – o uso do vinagre em esponjas ou na louça antes da lavagem pode comprometer as partes plásticas e emborrachadas dos utensílios domésticos. Em máquinas de lavar louça, o ingrediente pode danificar mangueiras e vedações.

Panelas – a mistura de vinagre com bicarbonato de sódio, popular para esse fim, pode causar irritação pela formação de subprodutos. A limpeza de panelas deve ser feita com produtos desenvolvidos para essa finalidade, com maior poder de limpar gordura, como saponáceos cremosos e sabões abrasivos.

Remoção de gorduras - o caráter ácido do vinagre o torna ineficaz para remoção de graxas e gorduras de superfícies já que não reage de forma eficiente com lipídeos. Os sabões alcalinos, desenvolvidos com esse propósito são mais eficientes.

Roupas - a mistura de vinagre com alvejante em roupas é, entre as receitas caseiras, a mais perigosa. O vinagre quando em contato com água sanitária produz cloro na forma gasosa, que é tóxico e, quando misturado com água, produz ácidos clorídrico e hipocloroso. Além dos danos às roupas, ele oferece riscos à saúde.