Mãe faz campanha nas redes sociais para tirar meme do filho com síndrome

O pequeno Jamerson, de quatro anos, nasceu com Síndrome de Pfeiffer

Mãe luta para que parem de compartilhar foto do filho
Foto: Divulgação


Há dois anos, a australiana Alice-Ann Meyer luta para que seu filho não seja mais motivo de piada nas redes sociais. Uma foto do menino, que possui Síndrome de Pfeiffer, todo sujo de chocolate foi postada por ela em 2014 no blog que criou para dividir experiências sobre a doença. Desde então, alguns internautas criaram memes utilizando a imagem, para o desespero da mãe. 

Em um dos memes, o menino Jamerson é comparado a um cachorro da raça pug. "Fiquei chocada quando vi pela primeira vez", contou a mãe em entrevista ao jornal Daily Mail Australia. "Fiquei confusa por alguém perder tempo para criar um meme disso", completou. 

Alice-Ann contatou o Facebook, o Twitter e o Instagram, redes sociais em que a imagem foi compartilhada, e solicitou que o meme fosse removido. No entanto, teriam se negado a remover, alegando que a foto não violava seus padrões. 

Indignada, ela postou um texto no seu blog, no qual relata seu desepero e pede para que as redes sociais encontrem formas de responder o abuso e o assédio moral. Ela ainda enviou mensagens para aqueles que riram das fotos de Jamerson nas redes sociais.

"Para vocês que estão rindo do meu filho, sei que isso de fato poderia acontecer com o filho de vocês. E, se um dia acontecer com um de vocês que estão rindo ou fazendo graça, eu espero e rezo para que você mude seu coração e acolha essa criança com braços amorosos", escreveu. 

A Síndrome de Pfeiffer é uma má formação que provoca a fusão prematura dos ossos do crânio e altera o formato da cabeça e do rosto.  

Jamerson tem quatro anos