Trabalho é o que mais afasta casais brasileiros, segundo pesquisa

No ranking das principais razões de afastamento aparecem também a falta de atenção, problemas financeiros, maior dedicação aos filhos e rotina.

Trabalho é o que mais afasta casais brasileiros
Foto: Reprodução


O primeiro motivo que pode acabar com a intimidade e atrapalhar a vida a dois é o trabalho. Segundo pesquisa do Instituto do Casal, mais de 40% dos entrevistados apontaram que a maior dedicação à vida profissional que ao casamento é a causa número um para o afastamento conjugal.

Segundo Denise Miranda de Figueiredo, terapeuta de casal e uma das coordenadoras da pesquisa, vivemos uma realidade politica, social e econômica que tem exigido das pessoas um grau de dedicação e comprometimento com o trabalho que tem afetado as relações afetivas.

“Hoje, segundo dados da Organização Mundial do Trabalho (OIT),  mais de 33% dos profissionais que compõem o mercado de trabalho têm uma jornada de mais de 44 horas semanais e 19,1% trabalham mais de 48 horas semanais. Além disso, 87% das mulheres que trabalham fora realizam tarefas domésticas, ou seja, têm a chamada dupla jornada”, explica Denise.

Para Marina Simas de Lima, terapeuta de casal e uma das coordenadoras da pesquisa, não foi surpresa que o trabalho tenha aparecido em primeiro lugar no ranking. “O medo de perder o emprego é legítimo perante o momento atual, basta acompanhar os noticiários para ver os índices de desemprego subindo e empresas fechando. Com isso, as pessoas estão se dedicando ao máximo à profissão e descuidando dos relacionamentos”. 

Para Denise, dedicar-se ao trabalho também é uma das formas indiretas de investir no casamento, mas está longe de ser o suficiente para se alcançar uma relação de qualidade. “É comum pensar que depois do casamento as coisas funcionam automaticamente, ou seja, não é preciso mais cuidar, conversar, dar atenção, fazer carinhos ou preocupar-se com o bem-estar do outro. Sabemos que muitos casais caem nessa armadilha, que gera distanciamento e sérios problemas na vida a dois”.

Isso nos traz um desafio: como administrar o tempo para investir nas relações afetivas com qualidade, sem deixar papel profissional de lado?

Segundo as especialistas, tudo na vida precisa ter um equilíbrio. “A vida profissional é uma fonte de realização para muitas pessoas e precisamos respeitar isso. Por outro lado, o casamento também pode ser realizador, mas requer investimentos diários de ambos. O segredo é encontrar um ponto de equilíbrio entre o tempo dedicado ao trabalho, aos filhos e ao relacionamento”.

O Instituto do Casal preparou duas dicas simples, que podem ajudar muito nesse dilema:

  1. Da porta de casa pra fora: Deixe os problemas profissionais na empresa. Lembre-se que no dia seguinte você terá a chance de encontrá-los novamente.
  2. Desligue-se: Evite ler e-mails, responder mensagens ou atender telefonemas do trabalho quando estiver com sua família. Mesmo que você tenha pouco tempo, faça esse período valer à pena, esteja por completo.