Crianças podem comer peixe e chocolates? Especialista tira dúvidas

Neste período do ano, doces e pescado fazem parte da alimentação, mas é preciso cuidados

Crianças com menos de um ano podem ganhar brinquedos ao invés de chocolates
Foto: Marcelo Matusiak


A Páscoa se aproxima e os pais já começam a pensar em como será a alimentação dos filhos com os produtos mais consumidos neste período: peixes e chocolates. Para tirar as dúvidas, o gastroenterologista da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS), José Vicente Noronha Spolidoro, esclarece quais são os principais cuidados para evitar intoxicações alimentares.

Segundo o médico, não existem perigos para que os pequenos consumam peixes. Ao contrário, é recomendado que eles comam peixe uma ou duas vezes na semana. “Muitos pais ficam receosos em oferecer peixe para os filhos. Entretanto, não existe nenhuma contraindicação. É um alimento saudável e deve ser ingerido pelas crianças uma ou duas vezes por semana. Inclusive, os pais precisam incluir os peixes de carne branca durante a introdução alimentar, aos seis meses de idade”, explica.

O pediatra alerta que deve ser retirada a espinha dos peixes no momento do preparo, para evitar acidentes e engasgos nas crianças. Além disso, oferecer o alimento desfiado.

Outra dúvida nos dias que antecedem a Páscoa é sobre os chocolates. Spolidoro ressalta que não é um alimento saudável, mas que não há um grande problema em oferecer para os pequenos, desde que exista bom senso nas quantidades.

“O chocolate não é um produto muito alergênico e não está associado com alergias importantes. O grande problema é que o cacau é misturado com muito açúcar. Os pais devem controlar as quantidades consumidas pelas crianças, pois pode causar intoxicação alimentar em excesso. Uma das dicas é oferecer aqueles produtos que contenham mais cacau que açúcar”, avalia.

Para as crianças menores de um ano, o gastroenterologista alerta que não deve ser oferecido chocolate.

Fonte: Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS)


NAIARA SILVEIRA

naiara@gaz.com.br