Dançar faz bem para o corpo, mente e alma

É possível ficar em forma e livre do stress e ao mesmo tempo se divertir

Foto: Reprodução


Veja mais notícias

Em 29 de abril é comemorado o Dia Internacional da Dança. A data foi instituída pelo Comitê Internacional da Dança (CID) da Organização das Nações Unidas para a e Educação, Ciência e Cultura (Unesco) em 1982. Tem como objetivo celebrar esta arte – considerada linguagem universal e promotora da liberdade de expressão – e mostrar a sua universalidade, independentemente das barreiras políticas, culturais e éticas.

Os benefícios para a saúde são indiscutíveis. Na opinião da médica do exercício e do esporte, doutora Karina Hatano, “a dança melhora a coordenação motora, o equilíbrio corporal, o tônus muscular, a atividade aeróbica e a flexibilidade”. Para a especialista, a prática ajuda, inclusive, a reduzir o stress diário. “Aumenta o humor, promove a autoestima e permite que conheçamos os limites do nosso corpo”, resume.

Uma das modalidades que proporciona esses e demais benefícios é o tango. “Os movimentos trabalham o corpo de forma espiral, induzindo um alongamento que dá mais espaço às articulações. Iniciam-se na região dos ombros, passam pela bacia e chegam aos pés, percorrendo todo o eixo vertical. Com isso, auxilia a postura e tonificação dos músculos, ajudando também no desenvolvimento do sistema circulatório e cardiovascular”, explica Vagner Ferreira, bailarino e diretor artístico. 

Ferreira reforça que o tango colabora ainda na capacidade de concentração e proporciona a interação com outras pessoas, melhorando o trabalho em equipe e o respeito ao outro.  “Proporciona a desinibição, a autoconfiança, a estabilidade e uma das danças que mais propicia o entendimento corporal”, pontua.

Benefícios gerais da dança

- Perda de peso – gasto de até 700 calorias por hora.

- Redução de stress – diminui a tensão acumulada e relaxa a musculatura.

- Melhora a autoestima – aumenta a confiança com a mudança no corpo.

- Faz bem ao coração – a frequência cardíaca é equivalente a uma aula aeróbica. Também melhora a capacidade respiratória.

- Combate a depressão – liga o corpo, a mente e o espírito, traz paz interior.

- Pode ser praticada em qualquer idade – crianças, adultos e idosos, desde que tenham acompanhamento de profissional capacitado.

- Ajuda a socializar – promove a socialização e a criação de novas amizades.


NAIARA SILVEIRA

naiara@gaz.com.br