Nova Barbie quer levar meninas para programação

Boneca é uma criação em parceria com uma plataforma de jogos

Foto: Divulgação


A Barbie está sempre antenada e, depois de lançar uma coleção dedicada a mulheres inspiradoras, agora apresentou a Barbie Engenheira Robótica. A boneca já está sendo comercializada nas lojas dos Estados Unidos.

A engenheira foi criada em uma parceria da Mattel com a  plataforma de jogos infantis Tynker. E não pense que ela foi lançada para ser só mais uma boneca, ela tem um objetivo: encorajar meninas a partir dos 7 anos a aprenderem a programação e considerarem, desde cedo, uma carreira na computação.

LEIA MAIS: Barbie vira youtuber e posta vídeo com dicas culinárias

Para isso, a Barbie vem acompanhada de seis lições de programação, que envolvem lógica, resolução de problemas e programação por montagem de blocos. Por meio do site da Tynker - e dos exercícios que vem com ela - as crianças podem aprender desde cedo a, por exemplo, construir e programar um robô como o que acompanha a boneca nas lojas.

Foto: Divulgação
 

A cofundadora da Tynker, Krishna Vedati, afirma que a parceria com a Mattel ajuda a apresentar a programação para um grande número de crianças de uma maneira divertida e envolvente.

Além da Mattel e da Tynker, a organização Black Girl Code também entrou na jogada. Sendo assim, a engenheira foi lançada em quatro tons de pele. As bonecas vão ser distribuídas em workshops promovidos pela organização, que tem o intuito incentivar garotas negras a se seguirem carreira na área da programação.

Com a engenharia robótica a Barbie já teve mais de 200 carreiras em quase 60 anos de vida.


MARÍLIA NASCIMENTO

marilia.nascimento@gaz.com.br