Como organizar as finanças em quatro passos

Especialista separou algumas dicas para se livrar de vez das dívidas

Foto: Divulgação


Segundo dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) realizada mensalmente pela FecomercioSP, a proporção de famílias endividadas na capital paulista, em janeiro, chegou a 49,9%. Isso mostra a importância da organização financeira para a vida da população.

Com o crescente número de mulheres buscando independência financeira e liderando famílias, o tema finanças femininas vem ganhando destaque. Por isso, os especialistas da Rebel, plataforma online de empréstimo pessoal, separaram algumas dicas para ajudar na organização. Confira abaixo:

Realize um planejamento financeiro

Ter uma planilha com todos os gastos fixos ajuda muito na organização. Dessa maneira, é possível enxergar exatamente com o que a renda familiar está comprometida.

Corte gastos e crie metas

Com base no planejamento financeiro, observe gastos que podem ser cortados, criando metas do quanto deseja economizar por mês.

Fique atento às dívidas

Ficar de olho na data de vencimento de contas e cartões é fundamental para não gerar juros desnecessários. Um detalhe que passa despercebido para muitas pessoas é a taxa de juros cobrada e, com isso, algumas dívidas pequenas tomam proporções muito maiores. Para não cair no rotativo do cartão de crédito, nem no cheque especial, o empréstimo pessoal pode ser a melhor saída já que oferece juros menores. Na Rebel, por exemplo, as taxas são a partir de 2,9% ao mês.

Renegocie dívidas

Para quitar contas atrasadas, uma das principais dicas é renegociar o valor com o credor ou, até mesmo, agência de cobrança. Por meio desse contato, é possível chegar em um acordo, com condições de pagamento que caibam em seu bolso.


PAOLA SEVERO

paola.severo@gaz.com.br