Saiba como se proteger na internet

Proteção na web contra espionagem, interferência e censura já é possível

Foto: Reprodução


Hoje em dia, a segurança ao navegar na internet é essencial. Como fazemos várias transações bancárias, armazenamos muitos dados e contatos, é importante estar sempre protegido contra os crimes cibernéticos. 

O crime cibernético é um mercado que vem crescendo e dispondo cada vez mais de novas formas de roubar dados, identidades e aplicar golpes para roubar dinheiro. Oficialmente, as táticas online de rastreamento, espionagem e identificação de internautas já são válidas para as empresas.

Com os vazamentos de dados aumentando cada vez mais, todo o cuidado é pouco, e devemos ter o controle em nossas mãos. Cuidar da privacidade virtual é imprescindível e existem vários modos para se proteger.

Atualize a segurança de sua rede Wi-Fi

A segurança da maior parte das redes é a WPA2, mas a Wi-Fi Alliance já está certificando uma série de produtos com o novo padrão de segurança WPA3. A mudança será lenta, os roteadores e acessórios de conexão estão começando a vir com esse suporte.

Enquanto essa mudança não chega, o ideal é alterar as informações de login e senha de seu roteador, para algo diferente do padrão.

1. Use senhas fortes

Descobrir senhas é algo que se tornou basicamente rápido e fácil para o crime cibernético. É ideal que suas informações de login sejam complexas e únicas, lembrando de usar senhas variadas para cada uma das contas.

2. Garanta que o seu sistema esteja atualizado

A razão por sempre existir novas versões dos aplicativos e sistemas operacionais é justamente a correção e aumento da segurança. Procure manter sempre seu sistema e softwares atualizados, para ter pelo menos a segurança básica do seu dispositivo a seu favor.

3. Cuidado com downloads

Procure baixar apenas conteúdo seguro, em sites confiáveis, principalmente softwares e aplicativos.

4. Tenha um bom antivírus

Um bom sistema de antivírus pode te proteger de vários problemas como spywares, vírus, e malwares que podem acarretar em vazamento de dados, ou danos no seu dispositivo.

5. Habilite a autenticação de segurança de dois fatores

A autenticação de dois fatores é uma camada a mais de segurança para seus e-mails e outros aplicativos, como o WhatsApp. É a melhor forma de se evitar que acessem qualquer uma de suas contas sem autorização. Essa tática de segurança está em alta, por ser inteligente e funcional.

6. Use uma VPN

Utilizar uma rede virtual privada te dá acesso a uma conexão criptografada à internet, de forma anônima. Sua identidade fica inacessível no uso da VPN, te protegendo de vários problemas.

Além disso, traz como vantagens poder utilizar uma rede sem fio pública com segurança, não ter limitações geográficas para acessar conteúdos restritos ao seu local, permite o download de conteúdo via torrent usando redes peer to peer, sem acabar levando uma multa ou parar na lista negra, mesmo se o download for de conteúdo legal.

A VPN já é usada em muitas empresas para acessar documentos e arquivos que estão na rede, mesmo estando em casa ou em outra localização. Mas a utilização das redes virtuais privadas pode ser uma aliada na hora de proteger suas informações e dados enquanto navega tranquilamente na internet. Hoje, as VPNs existem tanto para desktop, quanto para dispositivos móveis.

Lembre-se de que, por mais cuidadoso que você seja com suas senhas e instalação de antivírus, vazamentos de dados ocorrem o tempo todo. E para te ajudar, é fundamental investir no máximo de opções para sua segurança online.