Karol Conka lança linha de bolsas e gera críticas por causa dos preços

Fãs estão criticando os preços das peças, que vão de R$ 89 (chaveiro), até R$ 745 (mochila)

Foto: Reprodução


A coleção de bolsas de Karol Conka em parceria com a grife Soleah está dando o que falar. Desde que a rapper anunciou a novidade em sua página no Facebook no sábado, 8, fãs estão criticando os preços das peças, que vão de R$ 89 (chaveiro), até R$ 745 (mochila).

Segundo os internautas, os valores não condizem com a história da cantora, que nasceu na periferia de Curitiba, nem são acessíveis ao seu público. "Cadê a coleção de peças que as pessoas que te colocaram onde você está hoje podem comprar?" e "Os burgueses não vão comprar porque a estética é outra e a galera da quebrada, que poderia se identificar, não vai comprar porque os preços são abusivos, fora da realidade" foram alguns dos comentários. Por outro lado, outras pessoas saíram em defesa da cantora. "A mina tem que trabalhar, se a marca escolheu ela, parabéns pra ela! Deixei a preta fazer sucesso e ganhar dinheiro" escreveu uma internauta. 

A blogueira Luiza Brasil, do Mequetrefismos, também apoiou Karol. Para ela, "representatividade é querer que comprem sua roupa/acessório, mas que também comprem a sua ideia e vista a vontade de se sentir bonito, com tecidos/materiais que fazem jus ao que se dispõe o trabalho e não entubar qualquer poliéster made in china goela baixo." 

No Twitter, a cantora se defendeu, justificando que a marca não é dela e que ela está progredindo na carreira sem prejudicar ninguém.

* Fonte: Estadão Conteúdo

 


NAIARA SILVEIRA

naiara@gaz.com.br