Gucci e Forever 21 travam batalha judicial

No documento emitido pela Forever 21, a empresa negou estar cometendo plágio

Do lado esquerdo, o modelo da Forever 21. Do direito, o da Gucci
Foto: Divulgação


A Forever 21 abriu nessa semana uma ação judicial contra a Gucci para se proteger do processo da grife italiana. As marcas travam uma batalha judicial desde dezembro do ano passado, quando a companhia de Alessandro Michele entrou na Justiça exigindo que a rede de fast fashion retirasse todos os produtos com listras na sequencia de cores azul, vermelha e azul, e verde, vermelha e verde, alegando que esta é uma de suas mais populares marcas registradas. 

No documento emitido pela Forever 21, a empresa negou estar cometendo plágio. "Os registros de marca da Gucci relevantes para esta disputa devem ser cancelados. Os pedidos da Gucci não devem ser registrados. Este assunto deve ir a julgamento declarativo", diz o texto.

 


LUANA RODRIGUES

luana@gaz.com.br