Aumento na busca por 'tie dye' revela um forte retorno da tendência em 2020/21

Técnica surge principalmente em roupas, no entendo é aplicada também em bolsas, calçados e acessórios

“Moletom feminino tie dye
Foto: Divulgação


Após aparecer em peso nos desfiles das semanas de moda internacionais, a tendência tie dye começou a ser muito procurada pelos consumidores no mercado da moda, as lojas analisando esse comportamento dos seus clientes não perderam tempo, começaram a produção de diversos produtos com a aplicação da técnica. O tie dye deixou claro que voltou e voltou dessa vez para ficar. Com uma pegada divertida, descontraída e versátil, ela surge principalmente em peças de roupas, no entanto a tendência veio tão forte que até bolsas, calçados e acessório não escaparam.

É possível conferir através do Google Trends que a procura pelo termo “tie dye” começou a ter um aumento nas pesquisas de forma significativa no mês de maio, um pouco depois de ter iniciado a quarentena em alguns estados brasileiros, conseguindo pontuação 11. Mas seu auge foi no mês de julho, quando atingiu 100 pontos, o valor máximo da pontuação do Google Trends, mostrando que o interesse do público pelo assunto estava no auge. Em agosto teve uma queda, porém continua sendo um termo com muita relevância nas pesquisas, com pontuação 87. Caso você esteja com dúvida se deve ou não apostar em peças tie dye para a sua loja, esse é o momento.

Alguns dados importantes a serem destacados, são os três estados que mais estão pesquisando o termo tie dye: São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Norte. Já o termo de pesquisa que está no topo do ranking é o “moletom feminino tie dye”, aumentando a disputa dos lances no Google Ads.

Foto: Divulgação

 

 

Mas afinal, como surgiu a técnica tie dye?

Essa é uma pergunta que muitas pessoas acabam fazendo, afinal, acham que é uma técnica recente e que entrou no universo da moda a pouco tempo. Mas se engana quem pensa assim, a técnica é bem antiga e surgiu originalmente pelos japoneses no século VI e século VII. O tingimento era bastante realizado tanto pelos asiáticos, quanto pelos africanos e indianos, incorporando aos tecidos formas orgânicas de cores combinadas.

Somente nas décadas de 60 e 70 surgiu o nome tie dye, que em inglês significa: ‘amarrar e tingir’,  o que faz todo o sentido quando é visto a forma que é realizado o tingimento. Ficou famosa por ser adotada pela comunidade hippie, trazendo como elemento estético a representação de liberdade.

Forma de expressão através da moda

O mundo inteiro está passando pela pandemia da Covid-19, o que acaba sendo muito coerente o tie dye voltar com força total no atual cenário em que as pessoas estão vivendo. Passando a maior parte do tempo dentro de casa, sem pode visitar ou passear em seus lugares favoritos, com as pessoas que conviviam frequentemente antes. Transmitindo a sensação de estarem literalmente presas e fora do seu alcance de resolverem esse problema. Com isso, as pessoas aderiram novamente ao tie dye, pelo fato de conseguirem expressar e transmitir a vontade de estarem livres para ir e vir.

LEIA MAIS MATÉRIAS DE MODA NO "ELAS POR ELAS"