Noivas: novidades e tendências para o grande dia

Produção da noiva, da cabeça aos pés, é sempre especial e carregada de significados

Tendências para o grande dia
Foto: Bruno Pedry


Nas últimas décadas, as mulheres conquistaram a liberdade de viver mais distantes do estereótipo que a sociedade lhes impunha e mais próximas do que realmente desejam. Casar-se, por exemplo, deixou de ser uma quase obrigação, para tornar-se opção. Mas, mesmo aquelas que elegem ou priorizam outros caminhos que não o matrimônio, normalmente, em pelo menos algum momento de suas vidas, imaginaram-se vestidas de noiva.

O que se dizer então das que sempre sonharam com isso? A sociedade e as relações afetivas humanas evoluíram, mas essa figura mantém-se emblemática. Assim, a produção da noiva, da cabeça aos pés, é sempre especial e carregada de significados. Ou seja, não por acaso, a estilista Joana Tornquist costuma receber suas futuras noivas com o modelo do seu grande dia pré-idealizado.

“Meu trabalho é aprimorar a ideia, ajustar ao tipo de corpo da cliente, à realidade do tecido, às opções que se tem, mas a base elas geralmente trazem pronta.” Paralelamente aos sonhos acalentados, existem, é claro, as tendências de cada época. E uma das novidades do momento, destaca Joana, é a utilização de rendas com arabescos. Com desenhos maiores, elas mostram-se menos delicadas e mais sensuais, e possibilitam recortes e aplicações lindíssimas nos vestidos.

Outro aspecto é que as saias volumosas voltam com tudo. Depois de um longo período com as modelagens mais justas, sereias ou semissereias, as saias em estilo princesa reaparecem, tanto em tecidos mais estruturados como cetim bucol ou num princess, como na saia de camadas ou babados. O decote ombro a obro é outro detalhe superatual.

Um sensual na medida certa, conforme Joana, que valoriza o colo. O único porém é que fica melhor para mulheres com ombros estreitos, pois tende a aumentar visualmente essa parte do corpo. Da mesma forma, o decote V profundo também está com tudo. Para a estilista, é uma das tendências mais democráticas, pois valoriza tanto quem tem busto grande quanto pequeno.

“A mulher de busto grande pode usar um V, mostrando menos o seio, o que dá a impressão de volume e largura menores dos ombros e peito. Já a mulher de busto pequeno pode usar um V um pouco maior, que tende a valorizar o colo e deixá-la um pouco mais sexy.”

A gola alta, por sua vez, é um detalhe que está chegando. Confeccionada em renda, dá transparência e leveza ao vestido. Um toque extremamente elegante e sofisticado, segundo Joana. As rendas, por sinal, junto com tules, illusions, pedrarias, transparências e aplicações com volume, continuam fortes, tendências diz Joana.  

Em termos de cores, branco puro e off-white são as preferências do momento. “Fica lindo, por exemplo, usar o pano de fundo de uma dessas cores e a renda de outra para se destacar e sobressair.”

E o mais importante de tudo: a estilista considera essencial o conceito do vestido. Ele precisa traduzir o estilo da mulher, ser tão delicado quanto ela ou tão dramático quanto, enfim. Deve personificar a essência da noiva.

Confira mais tendências e novidades no caderno Noivas na edição desta quinta-feira da Gazeta do Sul.