Mulher que venceu a anorexia exibe suas 'gordurinhas' na internet

A britânica Megan Jayne mostra o orgulho em possuir um corpo fora dos padrões de beleza

Megan venceu a anorexia
Foto: Divulgação


Apesar de parecerem um tanto distantes, os distúrbios alimentares existem, sim, e afetam milhares de pessoas ao redor do mundo. A britânica Megan Jayne é um exemplo disso: após chegar a pesar 28 quilos em função de uma anorexia e quase morrer, ela conseguiu superar a doença e passar a amar seu corpo como ele realmente é. 

Enquanto sofria com o distúrbio, Megan contava calorias de maneira religiosa e vivia em pé de guerra com a imagem que via no espelho. Hoje, com alguns quilinhos a mais e algumas gordurinhas, a britânica exibe suas curvas sem pudor algum em seu blog e Instagram. A ideia é, justamente, incentivar mulheres a se amar como são, sem ver apenas as imperfeições que cada uma tem. 

“Quando eu me olho no espelho, eu vejo pneuzinhos, eu vejo celulite, eu vejo um milhão de defeitos que antes me enviaram em um vórtex de ódio. Mas dessa vez, eu também vejo felicidade. Eu vejo beleza, além da forma photoshopada a que somos ensinadas a almejar“, contou Megan em seu blog.

Veja algumas das imagens que a jovem compartilha pela internet: 

E vocês, o que acham da atitude dela? Teriam a mesma coragem de expor os "defeitos" do seu corpo na web? Sou a favor de sermos mais autênticas e seguras de si com o corpo que temos. Achei a coragem dessa jovem muito louvável. Espero que, assim, ela consiga influenciar positivamente milhares de pessoas que sofrem com uma cobrança interna gigantesca para serem consideradas "perfeitas". Isso não exclui ter hábitos saudáveis, como se exercitar e se alimentar bem - coisas que eu, inclusive, adoro fazer -, mas envolve deixar de se preocupar se sua barriga não está totalmente "negativa" como a de muitas famosas por aí e aceitar isso como algo normal e igualmente bonito. 


ISADORA TRILHA

isadora.trilha@gaz.com.br