Vereador cria licença TPM para beneficiar servidoras públicas

Parlamentar de São Bento do Tocantins sugere a instituição de três dias de descanso para as para as servidoras de todas as secretarias do município durante o ciclo menstrual

TPM
Foto: Divulgação


Um vereador de São Bento do Tocantins fez uma proposta inusitada para um projeto de lei. A matéria propõe a Licença TPM e foi pensada levando em conta os sintomas provocados pela Tensão Pré-Menstrual. O autor, segundo o G1, é o vereador Aderson Araújo Rodrigues, conhecido como Adelsim do Povo (PP).

Segundo Adelsim, ele teve a ideia para o projeto no mês de novembro e o motivo: a experiência que ele adquiriu dentro de casa vendo a sofrimento da esposa durante o ciclo menstrual “com cólicas, dores de cabeça e estresse”.


Vereador se inspirou na mulher para criar Licença TPM
Foto: Arquivo Pessoal

O parlamentar está no terceiro mandato consecutivo e as mulheres que trabalham como gari também serviram de inspiração. Em São Bento a maioria dos garis é mulher. “Elas trabalham de sol a sol, imagino como deve ser difícil no ciclo menstrual. Tem também as professoras. Acredito que as aulas passam a ter menor rendimento quando elas estão neste período.”, justificou o vereador.

A Licença TPM deve ser votada ainda esta semana pela Câmara de Vereadores e, se aprovada, vai ser garantida para a servidora que requerer o benefício até um dia antes da fase menstrual.