Compotas são alternativa para conservar frutas e legumes

Banqueteira Gil Gondim ensina o segredo para consumir as delícias o ano inteiro

Foto: Divulgação


Iguaria saborosa que marca a infância de muitos, a compota é uma forma de aproveitar a maior durabilidade das frutas e uma ótima opção para quem quer preservar os nutrientes integrais do alimento.

"O segredo das compotas está no amor e dedicação que colocamos ao fazer cada receita, desde a escolha dos ingredientes até acertar o ponto do preparo e, por fim, armazenar no pote de vidro", explica a banqueteira Gil Gondim que mostra em seu livro Conservas do Meu Brasil- Compotas, Geleias e Antepastos, todo o conhecimento de anos de criação e preparo de compotas.

Elaboradas com frutas inteiras ou em pedaços, cozidas em calda feita com água, açúcar e especiarias, as compotas são verdadeiros acompanhamentos que podem ser servidas com sorvetes, queijos e doces, além de serem utilizadas como ingredientes para outras receitas, já que legumes e verduras também podem se tornar compotas saborosas.

As vitaminas dos alimentos são preservadas integralmente e duram entre 6 meses a um ano, se preparada e armazenada de forma correta em local com ausência de luz, pois a claridade faz a conserva perder a cor.

Abaixo, algumas receitas de compotas tradicionais elaboradas pela banqueteira Gil Gondim.

 

Compota de Pêssego

Ingredientes

5 xícaras (chá) de açúcar cristal

2L de água

2,6 kg de pêssego

 

Modo de Preparo

  1. Em uma panela, adicione o açúcar, e deixe ferver por 25 minutos.
  2. Corte os pêssegos ao meio e troça-os para excluir o caroço.
  3. Descasque os pêssegos com uma faca, lave-os, junte-os à calda e deixe cozinhar por aproximadamente 15 minutos.
  4. Adicione em vidros esterilizados e faça o processo da pasteurização (vácuo).

Rendimento: 4 vidros de 600 ml

 

Comporta de Goiaba

Ingredientes

4kg de goiaba (vermelha ou branca) madura e firme

6 xícaras (chá) de açúcar cristal

3,5 L de água

 

Modo de Preparo

  1. Descasque as goiabas, corte-as ao meio e retire o miolo, deixando as cascas limpas.
  2. Faça uma calda em ponto ralo: dissolva o açúcar na água e leve ao fogo médio por aproximadamente 20 minutos; acrescente as goiabas e deixe cozinhar por mais 30 minutos.
  3. Acondicione a compota em vidros esterilizados e faça o processo de pasteurização para obter maior durabilidade.

Rendimento: 3 vidros de 600ml

 

Compota de Mamão Verde Enroladinho

Ingredientes

2L de água

1 colher (café) de bicarbonato de sódio

1,5kg de mamão caipira verde cortado em tiras com a casca

4 xícaras (chá) de açúcar cristal

500ml de água

Cravo-da-índia a gosto

Canela em rama a gosto

 

MATERIAIS PARA FAZER O ENROLADINHO DE MAMÃO: Agulha grossa e linha branca

Modo de Preparo:

  1. Aqueça uma panela com 2L de água e 1 colher (café) de bicarbonato de sódio, e escalde as tiras de mamão para amolecer
  2. Enrole cada tira e, com a ajuda da agulha, passe a linha pelos rolinhos, formando um colar.
  3. Prepare uma calda rala com o açúcar e a água, e deixe cozinhar por 10 minutos.
  4. Adicione o cravo-da-índia, a canela e os rolinhos de mamão, e deixe ferver por 10 minutos ou até ficarem transparentes.
  5. Escorra a calda e tire os rolinhos da linha.
  6. Coloque os rolinhos de mamão em um vidro esterilizado e despeje a calda por cima. Faça o processo a vácuo.

DICA: Para preparar o mamão, faça pequenos cortes na casca para extrair o leite. Lave bem e corte ao meio. Retire as sementes e corte a polpa em lâminas finas com um laminador de legumes (mandolina) ou um descascador de batatas.

Rendimento: 2 vidros de 600ml