Low Carb: não é dieta, é estilo de vida

O endocrinologista especialista em reeducação alimentar, Flávio Madruga lança seu primeiro livro, Vida Low Carb

Foto: Divulgação


Quando o assunto é dieta, todo mundo já pensa qual será a próxima moda ou a dica “infalível” para se perder 10 quilos em 1 mês. Para o Dr. Flávio Madruga, médico pós-graduado em Nutrologia e Medicina do Esporte, milagre não existe e o único segredo do emagrecimento saudável e definitivo está na mudança de vida, de hábitos e da mentalidade.

Pensando nisso, o especialista em nutrologia com mais de 20 anos de experiência e cinco clínicas focadas em qualidade de vida espalhadas pela cidade de São Paulo, lançou seu primeiro livro “Vida Low Carb”. “Meu livro não apresenta uma fórmula mágica para o emagrecimento, mas sim, ensina as pessoas a estruturarem a alimentação por meio de um método eficiente e comprovado cientificamente que está fazendo milhares de pessoas, no mundo todo, perderem peso de forma saudável e definitiva”, declara o doutor Flávio Madruga.

A alimentação low carb traz vários benefícios, não só para o emagrecimento, mas para a saúde e longevidade. Reduzir drasticamente a quantidade de carboidratos que você ingere provoca a cetogênese, que é quando o metabolismo passa a “queimar” a gordura acumulada. Além disso, a dieta low carb reduz os níveis de insulina, ajuda a controlar o diabetes e a síndrome metabólica.

“A primeira pergunta que me fazem em consultório quando cito a dieta low carb é: “mas eu tenho que cortar os carboidratos totalmente?”. A resposta é: não. “Low carb” significa “baixo carboidrato”, isto é, uma dieta com quantidade reduzida de carboidratos, mas não 100% livre deles”, alerta o nutrólogo.

A dica é preferir justamente os carboidratos que vêm de fontes naturais, em vez dos processados comprados no mercado (como pães e massas). A batata doce e a mandioca, por exemplo, contêm uma taxa alta de carboidratos, e podem não ser recomendadas se o seu objetivo é a perda de peso. Espinafre, aspargos e abacate também são fontes de carboidratos, mas em menor quantidade.

A pirâmide low carb se baseia principalmente em proteínas e vegetais diversos: carne, peixe, ovos, legumes variados devem estar em maior quantidade no prato. O consumo de gorduras naturais – manteiga, azeite de oliva, óleo de coco – também é bem-vindo. Os laticínios – leite (sem lactose), queijo, iogurte, coalhada – também podem ser consumidos com moderação.

Low carb não é uma dieta, mas sim um estilo de vida que faz com que as pessoas aprendam a comer sem o excesso do carboidrato na rotina alimentar, mas também sem passar fome ou abrir mão de tudo o que gosta para conseguir manter o corpo magro.

Grande parte das dietas existentes são restritivas e nem sempre oferecem ao corpo os nutrientes que ele precisa. Além disso, elas trazem muitas consequências psicológicas e emocionais que prejudicam todo o processo e faz com que as pessoas desistam no meio do caminho.

O livro “Vida Low Carb” chegou para orientar as pessoas, que nem sempre possuem condições financeiras para um acompanhamento médico em clínicas especializadas, sobre esse estilo de vida saudável. De forma interessante, leve e com uma linguagem de fácil compreensão, o conteúdo do livro é rico em informações de qualidade e, principalmente, tudo 100% comprovado pela ciência.


PAOLA SEVERO

paola.severo@gaz.com.br