Cirurgias íntimas podem custar de R$ 5 mil a R$ 15 mil

Cirurgião plástico fala sobre os cuidados de pré e pós-operatório e diz que cirurgia deixou de ser tabu

Procedimento vem crescendo cerca de 20% no Brasil
Foto: Reprodução


Já ouviu falar em ninfoplastia ou labioplastia? É uma cirurgia plástica que consiste na redução dos lábios vaginais das mulheres. Este procedimento vem crescendo cerca de 20% no Brasil, de acordo com o especialista Dr. Luiz Haroldo Pereira, e pode custar de R$5 mil a R$15 mil, dependendo se é feita em um consultório médico ou com internação em hospital.

No mundo das famosas, algumas personalidades da mídia, como a modelo Geisy Arruda e a ex-BBB Clara Aguilar já assumiram ter feito o procedimento.

Dr. Luiz Haroldo Pereira, médico com 41 anos de experiência, que atende em Copacabana, no Rio de Janeiro, explica todo o processo e dá detalhes sobre o crescimento pela busca nesta cirurgia.

"No Brasil, a cirurgia íntima vem aumentando porque as mulheres estão mais à vontade para discutir este procedimento, não é mais um tabu. É uma cirurgia que não apresenta nenhum risco quando feita por um cirurgião experiente. ", conta.

Além da diminuição dos lábios, é possível também retirar a flacidez da área íntima, com enxerto de gordura. "Com o advento do enxerto de gordura para preencher a flacidez da região genital, feito por cirurgião plástico, as pacientes começaram a nos procurar, em vez de ginecologistas. O enxerto só pode ser feito por um cirurgião plástico", ressalta o médico.

Para o pré-operatório, Luiz Haroldo conta: "Nenhum cuidado específico. E, no pós, assepsia da área operada, ou seja, higiene. É importante também não ter relações sexuais por três semanas e usar compressas geladas porque normalmente incha e fica muito sensível."

Sobre o preço, que varia se é feito em hospital ou consultório médico, Luiz Haroldo explica: "A cirurgia de corte, ou seja, retirada do excesso de pequenos lábios, é melhor que seja feita em hospital. Já o enxerto de gordura para aumentar o volume e corrigir a flacidez, pode ser feito também em consultórios."