Redobre a atenção durante as férias

Nos dias quentes também ocorre maior perda de líquidos e minerais, devido ao aumento da temperatura corporal e transpiração excessiva

Foto: Divulgação


Verão e férias, tempo de maior exposição do corpo e abandono temporário da rotina. Quer dizer, não tem hora para dormir e também não tem hora certa para se alimentar. Na refeição, os alimentos de rotina são deixados de lado e substituídos por outras opções mais atrativas, o que pode significar aumento de peso e ingestão de produtos inadequados à saúde. Obviamente, isso acabará se refletindo no aspecto da pele, principalmente do rosto. Na mesma medida em que você se preocupa com o protetor solar, também deve ficar atento à alimentação.

Com a chegada do verão, não dá para deixar de lembrar que as mudanças fisiológicas devem ser ajustadas a uma alimentação especial. Devido à diminuição do metabolismo basal (energia mínima gasta para manter funções vitais) em relação às necessidades do inverno, a quantidade calórica ingerida também precisa ser reduzida. O efeito inibidor da fome pelo calor pode agir negativamente, caso o indivíduo se mantenha em jejum prolongado. A melhor forma de contornar o problema é investir em alimentos de fácil digestão, como verduras, frutas, legumes e carnes magras.

Nos dias quentes também ocorre maior perda de líquidos e minerais, pelo aumento da temperatura corporal e transpiração excessiva. Por isso a necessidade de se hidratar, para que todo o líquido perdido seja reposto. O consumo de água, chás gelados, sucos naturais e líquidos em geral ajuda a repor a água do corpo. Frutas e verduras também são fontes importantes de minerais que se perdem facilmente durante a transpiração. É necessário preocupar-se com a ingestão de líquidos e a reposição desses minerais para manter a hidratação. Também é fundamental atentar aos produtos com adição de açúcar.

A água de coco é uma ótima escolha para a reposição de líquidos durante o período. Além de possuir baixo valor calórico, a água de coco proporciona uma forma rápida de hidratação ao organismo. As frutas, verduras e legumes são ótimas fontes de vitaminas, minerais e fibras, e também são alimentos refrescantes que combinam com a alta temperatura da estação. Consuma à vontade folhas verdes e legumes (crus, de preferência). Tenha cuidado apenas com o tempero das saladas: evite utilizar maionese caseira e molhos prontos. Dê preferência ao azeite, limão e vinagre.

Prefira os cereais integrais que combinam com saladas e pratos frios em geral. Na hora de comprar, opte pelos pães integrais, cereais matinais, arroz e massas integrais ao invés do tipo branco. As carnes magras são as mais indicadas nesta época, pois são mais facilmente digeridas, evitando desconfortos gástricos, além de serem mais saudáveis. O ideal é incluir fartamente as carnes brancas de aves e peixes. Por outro lado, procure evitar as carnes de aves com pele, carne de porco e carnes com gordura aparente. Quanto à forma de preparo, varie entre cozidos, grelhados e assados. Deixe de lado as frituras, pois elas não combinam com o clima quente do verão e são extremamente calóricas.

Priorize os refrescantes
Ao invés das sobremesas doces, opte por sugestões mais refrescantes nestes dias quentes, como, por exemplo, frutas ou doces à base de frutas. Os mais indicados são: sorvete de fruta no palito, saladas de frutas, flans, frozen, smoothies e gelatinas. Falando em gelatina, prepare em casa usando suco natural e frutas e agar-agar. Modere o consumo de bebidas alcoólicas, pois são ricas em calorias e possuem efeito diurético, o que compromete a hidratação. Elas também são pobres em valor nutritivo.

Uma das preocupações mais frequentes no verão é o cuidado, o preparo e a conservação dos alimentos, principalmente os vegetais e as carnes. A alta temperatura facilita a proliferação de fungos e bactérias. Cuidando da alimentação diretamente, você estará proporcionando bem-estar e beleza ao seu corpo. Pense nisso!

LEIA MAIS: Cuidados importantes com a pele durante o verão