O que é preciso saber sobre os autobronzeadores

Produto representa uma forma menos arriscada de se bronzear e ainda garante resultados duradouros

Foto: Divulgação


Eles são conhecidos há algum tempo, mas permanecem em alta. Os autobronzeadores viraram uma tendência entre o público feminino e isso tem explicação: representam uma forma menos arriscada de se bronzear, pois não é preciso ficar exposto ao sol e seus efeitos nocivos. Além disso, os resultados são duradouros e os produtos podem ser usados em qualquer estação do ano.

O autobronzeador é um cosmético que tem na sua fórmula substâncias que, em contato com a pele, ajudam a proporcionar o tom ideal de uma forma natural e menos agressiva. No mercado existem diferentes opções, que podem ser utilizadas de acordo com a preferência ou objetivo. Há os autobronzeadores em creme, mousse ou spray, além dos bronzeadores com fator de proteção que podem ser usados ao sol.

É importante entender a diferença entre os produtos, explica Ana Carolina Goldschmidt, supervisora da Kosmetika de Santa Cruz do Sul. Segundo ela, os autobronzeadores são aplicados no corpo e duram até 15 dias, dependendo do tipo e marca. Ao reagir com a queratina da pele, eles produzem o pigmento chamado melanoidina, que vai proporcionar a coloração. “Nesses casos, não há exposição solar”, salienta.

Já os bronzeadores ricos em betacaroteno e lubrificantes se depositam na epiderme, dando uma coloração dourada para a pele. “Essa coloração é intensificada com a absorção da radiação UVA e UVB. Nesse caso, a pessoa deve se expor ao sol. Quanto mais tempo ficar, maior será o bronzeado”, ressalta. Mas é preciso ficar atento ao fator de proteção solar dos produtos para que não haja queimaduras. “A capacidade de mudança de tonalidade da e a duração do bronzeado variam de pele para pele, e também conforme os cuidados pós-sol.”

Tipos

Foto: Divulgação

 

Os autobronzeadores em spray trazem como vantagem a praticidade da aplicação. Porém, é importante lembrar que eles secam rapidamente e precisam ser aplicados de modo uniforme para evitar efeitos manchados.

Os cremes, por sua vez, possuem ingredientes umectantes e são ideais para quem tem pele mais seca. Em razão da consistência, eles demoram um pouco mais para secar, o que proporciona uma aplicação mais uniforme.

Os mousses de autobronzeado costumam ser mais pigmentados e demandam maior cuidado na aplicação, principalmente nas áreas mais ressecadas, como cotovelos e joelhos. Costumam ser indicados para quem tem pele oleosa.

A água bronzeadora promete não só bronzear, mas também cuidar da pele. A textura é bem líquida e incolor, o que reduz as chances de manchas nas roupas.

Praticidade com segurança

Entre as tantas mudanças provocadas pela pandemia, uma está diretamente relacionada aos cuidados estéticos. Embora tenha quem se arrisque a tomar sol à beira da praia, muita gente optou por permanecer na segurança do lar para evitar os riscos de contágio.

Com efeitos rápidos, os autobronzeadores caíram no gosto do público e receberam a chancela de profissionais da saúde quanto à segurança. Graças à tecnologia empregada pelos fabricantes, além de proporcionar uma pele dourada, os autobronzeadores fornecem hidratação. O resultado é que o mercado desses produtos registrou aumento de 40% nas vendas no segundo semestre de 2020. E a tendência é de manter essa evolução, apontam os profissionais do ramo.

Para este ano, a Kosmetica recebeu novidades: os mousses e águas bronzeadoras, que caíram no gosto do público feminino, pois não é necessário ficar horas sob o sol escaldante para ganhar cor. “Os mousses diferem das águas por apresentarem coloração. Essa cor-guia evita sobreposição de produto já na aplicação. Por outro lado, a água, por ser incolor, evita manchas nas roupas”, explica.

Para evitar imprevistos, a supervisora recomenda o uso de luva para uma aplicação perfeita e evitar manchas na pele. “Pode ser aplicado em todo o corpo, com movimentos longos. A intensidade do bronzeado se dá no tempo de exposição do produto, que varia de três a oito horas. Após o tempo de pausa, eles devem ser removidos no banho.”

Também é indicada a esfoliação da pele antes da aplicação dos produtos para remoção das células mortas. “Diferente dos bronzeadores, os autobronzeadores não vão descamar o bronzeado. A nossa sugestão para homens e mulheres que buscam o bronzeado perfeito é optar por produtos de qualidade, sem esquecer dos cuidados na hora de pegar sol”, completa.