Não transa faz tempo? Descubra o que acontece com seu corpo

Especialista explica as mudanças que acontecem no organismo quando uma pessoa fica muito tempo sem ter relações sexuais

Foto: Divulgação


É muito comum homens e mulheres, muitas vezes, deixarem o sexo de lado por inúmeros motivos. Seja porque o relacionamento caiu na rotina ou mesmo porque a mulher ou o homem está saindo de um divórcio. Estas são situações bem típicas e fazem com que algumas pessoas deixem de ter desejo ou estímulo para praticar o sexo. No entanto, não deveria ser assim porque, talvez o que poucos saibam, é que fazer sexo pode trazer inúmeros benefícios no dia a dia.

A primeira e mais notável mudança no caso de quem não transa há muito tempo é a alteração do humor. Quer descobrir o que mais acontece com seu organismo quando você fica muito tempo sem fazer sexo? Quem analisa cada uma das situações é Carla Cecarello, sexóloga do site C-date:

- A pessoa que está há muito tempo sem transar fica irritada e nervosa. Muitas vezes, ela nem se dá conta que essa alteração no humor é decorrente do fato de não estar transando. Porque quando a gente faz sexo descarrega muitas substâncias que não servem para o corpo, algumas, inclusive, que provocam estresse. 

- No caso das mulheres, quando elas ficam muito tempo sem transar, a musculatura da vagina fica sem exercício. Futuramente, quando ela for fazer penetração, vai sentir dor ou incômodo, uma vez que a musculatura fica enrijecida. É como o corpo: se você fica muito tempo sem fazer exercício físico e volta a se exercitar depois de um longo período, vai sentir dores;

- Quando o homem fica muito tempo sem transar ele, muito provavelmente, vai acabar ejaculando mais rápido. Isso acontece por causa da ansiedade de viver esse momento depois de tanto tempo sem sexo;

- Ficar muito tempo sem transar pode deixar a pessoa constrangida com a situação também. Então, ela fica um pouco sem saber o que fazer, não se expressa de uma forma espontânea, fica limitada e tímida. É como se estivesse começando de novo a vida sexual;

- Homens que ficam muito tempo sem transar também correm o risco de não ter ereções quando retomam o sexo. Neste caso, a ansiedade toma conta e é uma das responsáveis por provocar essa situação. É como se ele perdesse um pouco o jeito de ter relações sexuais, e a ereção está diretamente ligada à confiança;

- Pessoas que ficam muito tempo sem sexo também podem ter a produtividade no trabalho prejudicada. Ela fica pensando em vários motivos, como ‘por que eu não faço sexo’, ‘por que eu não me solto’, etc. Isso, muitas vezes, vai comprometer a autoestima e vai fazer com que ela não se sinta atenta e nem com foco suficiente;

- Quem não faz sexo há muito tempo e está numa relação estável, como quando se está casada, às vezes também fica com a vida em família comprometida. Pode ocorrer dessa pessoa se isolar do convívio com o outro, por exemplo. Então, quando ela chega em casa, vai para a TV ou computador, quase nem conversa com o parceiro. Também se isola de amigos porque não tem o que contar e nem o que falar das proezas na vida sexual. 

Agora a dica valiosa é esquecer essa história de chegar ao orgasmo juntos. Essa ideia de alcançar o clímax junto é algo utópico, pois isso depende muito da disposição dos dois, do momento em que eles estão, do estado de ânimo, do tempo de cada um. “Optar por esperar o tempo da outra pessoa pode acabar prejudicando o seu próprio prazer. Então, cada um tem que curtir o orgasmo no seu tempo e aproveitar, da melhor maneira possível, o tempo com o outro”, conclui a sexóloga.

LEIA MAIS: Saiba qual é a idade que a mulher tem o melhor sexo da vida

VEJA TAMBÉM: Tudo o que você precisa saber sobre sexo oral