DIU de cobre e prata pode ser a melhor opção

Usuárias relataram melhorias tanto no fluxo menstrual quanto nos sintomas de cólicas

Foto: Divulgação


Sabia que, além do DIU de Cobre convencional, existe ainda a opção não hormonal do DIU de Cobre e Prata? O DIU de Cobre e Prata possui um formato diferente, em Y ao invés do tradicional T, e um pouco menor, facilitando a colocação ou remoção e também se adaptando melhor ao próprio formato do útero.  Por esse motivo, pode ser uma ótima opção para mulheres nulíparas, que ainda não tiveram filhos. 

Além disso, existem mulheres que decidiram colocar o DIU de Prata após o DIU de Cobre que relataram melhorias tanto no fluxo menstrual quanto nos sintomas de cólicas.  O DIU de prata não é nenhuma novidade! A adição de prata ao DIU de cobre já vem sendo estudada desde a década de 70 com o objetivo de aumentar a sua eficácia.

Raramente, o cobre presente no DIU pode sofrer oxidação e passar a liberar pequenas partículas fragmentadas de cobre no organismo da mulher. A prata serviria de proteção ao cobre e, havendo a oxidação, os danos ao organismo seriam menores já que a prata é um metal nobre que não modifica a qualidade do útero. O DIU de Prata possui uma vida útil menor, de 5 anos, em comparação aos 10 anos do DIU de Cobre.

Ambos são ótimas opções de contraceptivos não hormonais, mas o legal é sempre conversar com seu ginecologista de confiança sobre os prós e contras de cada um dos métodos e decidir o melhor para o seu perfil, tá bom?